sexta-feira, 3 de setembro de 2010

Na fila à espera de um transplante

Transcrevemos a seguir mensagem recebida pelo amigo Guilherme Braga da nossa professora de informática Lúcia Cuervo, sem maiores comentários:
"Querido amigo, obrigada por responder. Além de preçes para que os amigos espirituais dêem consolo a essa família, infelizmente nada mais podemos fazer.
Por favor, acesse o link abaixo se quiser se inteirar desta campanha que tanto o marido da Mariana como o pai dela (meu irmão) estão fazendo.
E incrível a solidariedade do nosso povo! Hoje a tarde, um parente nosso (juiz) foi ao hospital para fazer o teste de compatibilidade e desatou a chorar ali mesmo, emocionado ao se deparar com uma fila enorme de pessoas - algumas muito humildes, outras nem tanto, todas elas dizendo à enfermeira, que ali estavam para fazer o teste para a "guriazinha advogada".
A Mariana disse hoje ao pai dela que entendeu agora porque as irmãs não eram compatíveis com ela. Disse ela:- " Se as gurias fossem compatíveis comigo, faríamos o transplante e pronto. Mas pai, acho que Deus assim determinou ( a incompatibilidade das irmãs) para que essa campanha que tu e o Thiago estão fazendo alcançasse tantas outras pessoas que estão na fila a espera de um transplante".
E importante salientar que os testes que estão sendo feitos NÃO SÃO DIRECIONADOS apenas para a Mariana. As pessoas estão sendo cadastradas no Cadastro Nacional de Doadores de Medula".
Vale muito a pena acessar o link

6 comentários:

Anônimo disse...

Oi, pessoal:
A Lúcia foi minha professora de informática. Ela me enviou um e-mail tipo circular pedindo uma corrente em favor de sua sobrinha, com leucemia aguda. Eu respondi perguntando o que mais poderia fazer além de incluí-la em minhas orações. A resposta dela está aí acima. Eu repasso pra vocês porque talvez os jovens das nossas relações - entre 18 e 60 anos - queiram aderir a essa nobre campanha de doação de medula.
Guilherme.

rodrigueiro um poeta musical disse...

Lamento profundamente o fato, me solidarizo e passo a divulgar. Desejo a maior sorte no sucesso das providencias. Nossa passagem se nos apresenta toda a sorte de acontecimentos e deles devemos, cada vez mais, estribarmo-nos na fé, na esperança e na certeza do amor Divino.

Anônimo disse...

A Mariana tem toda razão e mostrou ser uma pessoa iluminada por ter captado a mensagem. Precisamos nos importar mais com os outros, independente se são da família ou não. Temos uma missão por aqui e sem sombra de dúvida é com todos os seres que atravessam nosso caminho. Muita luz para essa família.Parabéns tio por fazer sua parte.
Hilda

Lucia disse...

Queridos, o Sr. José Alberto Souza foi meu aluno - do tipo que pergunta na primeira aula - Onde se troca a pilha desse computador???
Pois hoje, olha só onde ele chegou. Foi por mérito próprio - minhas aulas foram apenas de noções básicas, o resto ele desenvolveu sozinho.
Seu blog é acessado em Cingapura, Rússia, Nicarágua, China, Japão, USA, onde quer que tenha um vivente originário desses pagos.
Vejam como ele se engajou na campanha que busca conscientizar as pessoas sobre a doação de medula. Acesse por favor o link abaixo e veja onde chega um aluno aplicado.
P.S. Não deixe de "clicar" também em Quem Sou Eu na página, se quiserem maiores informações sobre esse homem gigantesco em cultura, amor ao próximo e solidariedade.
Abraços cheios de esperança e gratidão, Lúcia

Gilberto disse...

Sou solidário nessa campanha repassando esta informação aos meus contatos.Proponho que façamos uma corrente de orações para que possa ser realizado o mais rápido possível esse transplante.

Anônimo disse...

Zezinho, uma vez mais, felicidades por tantas coisas lindas que dizem de ti.
Um abraço.Helena.