terça-feira, 30 de setembro de 2014

PARA QUEM É PARTE DESTA MINHA HISTÓRIA



O Varal do Brasil tem a honra e a alegria de anunciar os vencedores e as menções honrosas do II Prêmio Varal do Brasil de Literatura (edição 2014).

Nossa comissão julgadora foi formada por: Clevane Pessoa de Araújo Lopes, Luiz Carlos Amorim, Maria de Fátima Barreto Michels, Sabrina Bulos e Valdeck Almeida de Jesus.

Os vencedores!
Primeiro lugar em:

- CONTO:  Título, por Rui Pedro Pinheiro
- INFANTIL: Tavito, um Sapinho Diferente, por Flávia Assaife
- POEMA: De vida, mágica e mistério, por Gaiô
- CRÔNICA: O velho Chateau daqueles rapazes de antigamente, por José Alberto de Souza

Menções honrosas: (sem ordem de classificação ou categoria)

- No Face, por Ana Polessi
- Fatalidade, por Rossana Aicardi Caprio
- Preta, por Maria Luiza Vargas Ramos
- A aura do Varal, por Gladis Deble
- Salão de Beleza, por Magda Resende
- Será que pode?, por Joana Puglia
- Rato Zé, por Edna Barbosa de Souza
- O dia em que perdi perdão a Leonardo da Vinci, por Isis Berlinck Renault
- Aribelo, por Anette Apec Barbosa
- Cinema, por Marco Miranda
- A Mulher no espelho, por Tulia Lopes
- Harmonia, por Sonia Cintra
- Auréolas, por Sandra Berg
- O encontro dos rios, por Isis Dias Vieira
- Louvor à Mulher, por Isis Dias Vieira
- Meia mulher, por Geni Pires de Camargo
- A dançarina, por Julia Rego
- Cinema, por Marco Miranda
- Não me abandone ela, por Igor Christiano Buys
- Amor Real, por Vera Salbego
- Dentro da gente, por Nelci Back Oliveira
- O Beija-Flor e o Violinista, por Juliano Sotti
- As Máscaras da Dor, por Vicência Jaguaribe
- A Phil Spector, por Sandra Nascimento
- Violão Amante, por Aglae Torres

O Varal do Brasil agradece profundamente a todos os participantes pela valiosa participação de cada um. Os textos enviados estão todos de parabéns pela qualidade e criatividade!

Transcrito: http://varaldobrasil.blogspot.com.br/2014/09/resultados-do-ii-premio-varal-do-brasil.html

21 comentários:

Clarice Villac disse...

Parabéns, Amigo José Alberto, sua crônica é mesmo notável e merece figurar em muitas antologias, para que possa ser apreciada por muita gente !

JASouza. disse...

Sensibilizado, agradeço as carinhosas mensagens de congratulação que me foram enviadas por Clarice Villac, Martim Cesar Gonçalves, Gilberto Stone Braga, Aguinaldo Bechelli, Stella Maris Faraco Ferreira Leão, Valesca de Assis, Vera Lúcia Souza Pacheco, Zinaida Tscherdantzew, Fernando Rozano, Marco Aurélio Vasconcellos, Guilherme Stone Braga, Jacqueline Aisenman, Adriana Reus, Corálio Bragança Pardo Cabeda, Jerônimo Fagundes de Souza, Clóvis Erly Rodrigues, Frederico Hoffmeister Poli, Gilberto Fagundes de Souza, Sérgio Roberto Corrêa Reggio, Ana Lecy Pacheco, Luiz Carlos Beiller de Freitas, Gracíola do Carmo da Silveira Ribeiro, Hunder Everto Corrêa, Lucien Paulo Bittencourt Pires, Isabel Porto, Jaroslav Kohut, Maria Alice Souza Pacheco Kercher, Maria Julia Aelia Nieto Silveira, Marylene Fernandes Vieira e Sérgio Souza Amaro da Silveira.

Marylene fernandes vieira disse...

Mariana está muito orgulhosa de ti, mostrou o certificado para os colegas e não para de falar de ti para eles : Esse é meu vô José Alberto, q orgulho dele! Finaliza

Helena Ortiz disse...

Querido Souza, parabéns. Fazes história, e dessa história fazes crônicas e das crônicas, leitores, dos leitores, amigos. Isso é prêmio. grande abraço de admiração.

Kie disse...

Certa vez li ou ouvi a frase "tanta beleza não passaria impune". Pois eu digo que tanta poesia jamais passaria impune. Tua crônica (e todas as outras)é pura poesia. Bela demais. Grande abraço.

Kie disse...

Uma correção: Na postagem anterior, a palavra impune da segunda frase, deveria estar entre aspas. Pois eu queria dizer que a tua crônica (e todas as tuas outras, repito)que de tão bela não poderia "passar em branco".

Anônimo disse...

Boa tarde!
​Receba meus cumprimentos pela justa homenagem prestada
Antônio Scarparo.

Anônimo disse...

Prezado vizinho José Alberto:
Como não sei o processo de entrar no teu blog e postar um comentário, uso deste recurso para enviar meus calorosos cumprimentos por esse prêmio que recebeste.
Um prêmio internacional, conforme deduzo.
Cordial abraço do vizinho
Costa Franco.

Clóvis Erly Rodrigues disse...

PARABENS novamente !
Orgulho de Jaguarão.

Marcello Campos disse...

Ok, Souza!
Parabéns pela conquista!

Anônimo disse...

Parabéns pelo prêmio, merecido, diga-se de passagem.
Que Deus conceda muitos outros como este.
Bjim.
Maria Nilza

Hunder Everto Corrêa disse...

Cumprimentos pelo teu talento e tua competencia.
Um abraço

Anônimo disse...

PARABÉNS !
com um grande abraço!
Stela

Quenia López de Resem disse...

Parabéns Tio!
Este prêmio só vem corroborar o que nós já conhecemos, o seu talento. Bjs

Carlos José de Azevedo Machado disse...

Tio Zezinho, já não era sem tempo. Seus textos, e repito isto sempre, são uma viagem no tempo, "daqueles rapazes de antigamente". O senhor tem uma maestria para escrever estas histórias. Parabéns. Não tinha conseguido ainda externar minhas congratulações, mas vibramos muito, eu juntamente com sua sobrinha, Vera Lúcia.
Grande Abraço

EDEMAR ANNUSECK disse...

Grande Mestre José Alberto de Souza esse prêmio é mais do que merecido pela notável contribuição que você presta a cultura brasileira.
Parabéns e prepare-se que outros virão.
Abração
Edemar Annuseck
Curitiba - PR

Academia de Letras de Crateús - ALC disse...

Grande José Alberto de Souza, parabéns! Vai mudar de patente, agora é o Cronista das águas doces!

Eulálio Delmar Faria disse...

Sou teu leitor há mais de 60 anos. Agora passo a ser o mais orgulhoso dos teus leitores. Parabéns amigo.

Marco Aurélio Vasconcellos disse...

E por aí vai meu caro amigo Souza acumulando prêmios e honrarias. Sinto-me orgulhoso por me haveres concedido o privilégio de prefaciar teu recente livro do qual a crônica premiada é parte integrante. O sucesso, meu caro Souza, ronda a tua incansável atividade literária.
Deixo aqui registrada a minha admiração e a minha amizade.
Marco Aurélio Vasconcellos

Helena Silveira de Zamora disse...

Te quiero felicitar, com Edwin, por el premio que recibiste y que nos llena de orgullo.

Vasco Ibanez disse...

Caro JASouza,
Vários motivos levam ao sentimento de orgulhopela premiação alcançada. Um caminho bastante longo pelas paragens dessa vida, trabalho e agora aposentadoria. É louvável a continuidade nas realizações, agora compartilhando vivências e imagens de tempos idos, através de amenos escritos que aquecem a nossa memória. Parabens pelo prêmio merecido.
ibanez vasco souza - Pres. AFABRE