terça-feira, 14 de outubro de 2014

AS CINQUENTA MIL "CARAS" DE NOSSO POETA


Nesses últimos dias, tem me acontecido vários fatos imprevistos que me constranjo em comentá-los para não bancar o louvor em causa própria, como se quisesse evitar algum assunto de pouca importância.
Arrisco-me, porém, a ser mal interpretado, pois não consigo conter minha empolgação com este acúmulo de sucessos que me foi proporcionado de modo tão intenso dentro da comunidade de generosos amigos.
Primeiro, o 1º. Lugar obtido na categoria Crônica do II Prêmio Varal do Brasil de Literatura (edição 2014), com o trabalho “O Velho Chateau Daqueles Rapazes de Antigamente”, concorrendo só por teima.
Este era um texto que já vinha sensibilizando algumas pessoas e que me animava a regá-lo de muita esperança, afinal não sou um nome consagrado, uma celebridade, apenas buscava reconhecimento público.
A seguir, deparo-me atingindo a contagem do milésimo comentário em uma das postagens deste nosso blogue, o que foi motivo de receber inúmeras congratulações de meus caros seguidores, após confirmada.
E ainda constato chegar à marca das 50.000 visualizações no total de 285 postagens, o que representa mais um evento a ser comemorado e partilhado com todos aqueles que me distinguem com seus acessos. 
E tem mais a mostra das publicações de autoria dos funcionários escritores do BRDE (Rua Uruguai, 155), a ser lançada às 17 horas do próximo dia 3 de novembro, parte integrante da 60ª. Feira do Livro.

17 comentários:

Luiz Carlos Amorim disse...

Parabéns, meu caro poeta das águas doces. Eu sabia que tinha razão em escolher a sua crônica.
Grande abraço do Amorim

Jarbas Tauryno disse...

Muito Legal meu caro amigo e conterrâneo! forte abraço!!!

Gilberto disse...

Parabéns Pai. Além de toda a satisfação pessoal tu ainda nos traz grande orgulho.

Marylene fernandes vieira disse...

Tu só me dá orgulho, te amo viu? PARABÉNS,!

Carlos José Ponzoni disse...

Grande e precioso Souza.

Abraços e sucesso.

Claudio Tadeu Netto Dornelles disse...

Zézinho. Parabéns. Isto que está acontecendo contigo não é nada mais do que o reconhecimento do teu excelente trabalho, tanto nos livros como no blog. Um abraço. Claudio Dornelles

EDEMAR ANNUSECK disse...

Grande Mestre José Alberto de Souza,

Tudo isso serve para confirmar o que sempre lhe tenho afirmado; um poeta da sua qualidade agora está colhendo seus frutos.

Ainda quero vê-lo dando saltos mais altos, pois qualidade é o que não falta nos seus escritos.

Parabéns, é como eu sempre digo, DEUS está no comando e contra ele ninguém pode.

Forte abraço meu amigo

Edemar Annuseck
Curitiba - PR

Gilberto disse...

Parabéns por mais essa conquista Souza.

Kie disse...

Quem já teve a honra de conviver com o amigo sabe que uma de suas características é a sua inquestionável modéstia. Inquestionável também o seu trabalho nos bastidores buscando o melhor para os que o rodeiam, consertando aqui, e apaziguando ali, aumentando sem querer o rol de admiradores.
Grande abraço.
Kie

Luiz Mauro Pinto da Costa disse...

Parabéns, meu amigo.
Sei que foi por merecimento teu, então, tá tudo bem certinho.
Grande abraço e ... sucesso sempre.

Hunder Everto Corrêa disse...

Parabéns, prezado conterrâneo e amigo.
Desejo que continues a trilhar no caminho do sucesso e da cultura.
Um grande abraço e meu louvor .

Anônimo disse...

Prezado vizinho e conterrâneo:
Acompanho com satisfação as suas vitórias e lhe envio cumprimentos muito cordiais.
Costa Franco

http://www.chronosfer.wordpress.com disse...

Caro José Alberto, parabéns por ser colecionador de marcas que "marcam" o teu talento e sensibilidade. grande abraço.

Gul disse...


Parabéns, caro amigo.
A tua dedicação e o teu amor à arte de escrever, assim como a poesia dos teus textos justificam o reconhecimento que começas a receber.

Corálio B.P. Cabeda disse...

Miracolo! Eis que no mosaico de fotos de teus seguidores encontro alguém muito meu conhecido...
Fiquei com uma dúvida. A “fachada” ilustra ou deslustra?
Em meio a tanta gente ilustre, sempre haverá lugar para um guaipeca. Nem que seja para atrapalhar os parelheiros no trilho!
Grande abraço e renovados cumprimentos pela premiação mais do que merecida.
Esse guri vai longe, deviam dizer os mais velhos, assuntando às margens do Jaguarão...

Anônimo disse...

Parabéns, caro Dr. Souza.
Certamente não és um romancista, como citas na chamada do teu blog, mas és um cidadão maior e um homem incomum: é o nosso “poeta das águas doces”.
Grande abraço. Parabéns! Argus

Anônimo disse...

Conterrâneo,
Embora não tenha tido o prazer de sua companhia, nestes últimos dias, como de praxe, renovo meus cumprimentos já explicitados ao vivo. Infelizmente não vou poder estar na data da Feira, mas imagino que, assim mesmo, vou contar com a gentileza do amigo.
No meu retorno, faço contato. Abraços, com apreço, do Wenceslau.