segunda-feira, 14 de janeiro de 2008

Comentário de Agilmar Machado sobre a música Verão em Laguna

Pois eu vivo, no cotidiano, toda a poesia do mar de Laguna.
De onde estou neste momento vislumbro a balsa passando o canal da barra e o Farol de Santa Marta como um dedo branco apontando para o céu; os molhes da barra e, do outro lado, o vilarejo de Ponta da Barra.
À minha frente, o imenso mar azul e, num detalhe entre prédios (à esquerda), exclusivamente reservado para mim, a Ilha das Araras...
Laguna é uma realidade para sonhar...
Abraços, Manitos que ainda têm poesia no sangue e na alma...
Transcrevo acima o comentário de Agilmar Machado, uma pequena crônica, a prosa poética desse conceituado radialista de Santa Catarina, sobre a música Verão em Laguna, esta belezura de letra e melodia de autoria do amigo Guilherme Braga, com a sua própria interpretação, que foi postada em minha matéria A Música Que Vem do Sul-2, no sítio Caros Ouvintes, o qual pode ser acessado através da barra à direita.

2 comentários:

Agilmar disse...

Estimado Amigo JA (e demais leitores):

Essa tranquilizante paisagem que vocês vislumbram em foto é a poesia que esse querido Blog tanto decanta. É o bálsamo para a tristeza, o ânimo renovado para os sonhadores, e a maior riqueza para quem ama a natureza pródiga.
Como um velho amor que jamais esquecemos, conheci esse pedaço de chão encharcado nos idos de 1954 e por ele me apaixonei.
Faz bem para os olhos, aplaca os ímpetos negativos, enaltece os sentimentos. É a Laguna que Pedro Raimundo difundiu já na década de 40 pelos infinitos pagos gaúchos e pelos rincões catarinenses, com sua "Saudades de Laguna... que é tudo, tudo, para mim".
Um abraço velho e querido guerreiro das letras bonitas e das frases plenas de enebriante perfume e sentimento.
Teu Amigo de sempre,
Agilmar

Cabeda disse...

Parabens pela heróica continuidade do teu blog