quinta-feira, 7 de fevereiro de 2008

Agilmar Machado levanta taça no Carnaval de Laguna/SC

Nesses dias de Carnaval, saiu em Caros Ouvintes artigo de Agilmar Machado, intitulado Moacyr Franco - Mito da Canção Romântica, que foi objeto do nosso modesto comentário, prontamente replicado pelo autor, seguindo-se a minha tréplica e finalizando com os confetes que me foram jogados por este amigo virtual e boêmio regional, jornalista, radialista, escritor, meu padrinho Agil, a quem eu considero como responsável por estar colaborando naquele sítio de Santa Catarina, que vem se alastrando Brasil afora.
Assim, permito-me reproduzir esta troca de farpas, no bom sentido, é claro:
josé alberto de souzaEscrito por Visitante Grande lembrança, o Moacir Franco merece, ainda hoje ecoam-me os acordes de Suave é a Noite, uma das melodias inesquecíveis para mim. Aliás, a letra de Balada Número Sete, que você transcreveu lembrou-me o encontro de Guilherme Braga, um dos Cantores do Rádio remanescentes hoje em dia, com Gilberto Andrade, antigo ponta esquerda do Esporte Clube Internacional, já falecido, relembrando os tempos em que ambos tentavam a sorte em São Paulo - o Guilherme fazendo a divulgação do seu primeiro disco e o G.Andrade atuando na Portuguesa de Desportos. Na ocasião, Guilhesrme Braga homenageou Gilberto Andrade cantando essa comovente música do nosso cancioneiro. JASaudações.
AgilmarEscrito por Visitante Oi, JA! Obrigado pela visita e pelas amáveis palavras, além das lembranças ternas e amargas (doce amargura) idas e vividas por amigos teus do peito. Aqui hoje (a até o dia 4) não dá nem para se concentrar no computador: Laguna é uma loucura no Carnaval e eu moro em plena avenida principal (João Pinho) no Balneário Mar Grosso, que é o foco dos blocos jovens. Haja ouvidos e paciência prá segurar esta barra por aqui!!! Um abraço velho guerreiro e também ao nosso estimado Glênio (que deveria estar aqui, mas perdeu a coragem de enfrentar a folia geral). Aquele "menino" não é de carnaval, só de cavaquinho e seresta... Teu Amigo Agilmar
josé alberto de souzaEscrito por Visitante Chegamosi hoje de Termas do Gravatal, onde fomos fugindo do Carnaval e chegamos a fazer um passeio até Vale dos Cedros - por pouco pouco, não conhecemos o Carnaval da Psicodalia, não nos deixaram entrar porque o nosso cabelo era curto. Para ontém, estava programado passeio a Laguna que foi cancelado por que o micro-ônibus não podia entrar na cidade do melhor Carnaval do Sul do Brasil, todas as ruas intransitáveis e apinhadas de gente. JASaudações
AgilmarEscrito por Visitante Mas JA, essa não dá prá te perdoar! Oh, velho, estar pelas periferias de Laguna e não vir até o centro prá me dar um abraço é dose. Acho que o motorista desse micro te chutou essa história porque queria voltar prá casa. Pô, podias ter dado uma chegada até no Sambódromo (até ali não tem nada que atrapalhe, pois fica em um dos acessos ao centro e às praias), pelo menos prá me ver levantar o troféu de escola campeã. A festa foi uma apoteose: Os Democratas(aos 50 anos), pela qual fui homenageado em lugar de destaque no carro principal como único fundador vivo, faturou o concorrido Carnaval lagunense. Ainda estou meio zonzo de tanta festa até a madrugada de hoje, tanto na nossa imponente sede e pavilhão, como na volta ao Sambódromo, como Escola Campeã de 2008. Um abraço...e da próxima vez me dá um alô que te mando um "guia" lá na entrada da cidade!!! Um abraço, Amigão, Agilmar
Pode ficar certo, meu caro Agilmar, ilustre detentor da cadeira nº 21 da Academia Criciumense de Letras, que não faltará oportunidade para consolidar essa amizade recomendada pelo nosso patrono Glênio Reis, mas por enquanto vou deixando aqui os meus cumprimentos pela brilhante atuação da sua escola na passarela do samba aí de Laguna

3 comentários:

Jacqueline disse...

Um prazer descobrir este blog, principalmente através de um texto que fala de pessoa tão especial como Agilmar Machado, um ícone para todos os sul-catarinenses, com sua memória de jornalista impagável e sua irreverente pena.
Com certeza voltarei!
Abraços, Jacqueline

Agilmar disse...

Amigo JA:
A Jacqueline, autora do primeiro comentário, merece uma identiificação. Trata-se de uma lagunense arraigada às coisas de sua terra, jornalista e intimamente ligada às artes como seu pai, o saudoso Amigo, jornalista, pintor e escritor, Richard Calil Bulos. Foram também meus amigos muito próximos seu avô, Doutor Abelardo, primor de cidadão, bem como seu tio, Armando, nosso sempre lembrado tribuno e parlamentar. O casal, Jacque e Paulo residem na Suiça (terra de sua avó paterna) desde 1990. É de lá que ela conta com uma plêiade de amigos daqui para levar avante seu benemérito propósito de enaltecer sua terra natal. CORACIONAL é o seu primoroso site, no qual fui bondosamente acolhido por ela e pelo Paulo. Grato, Jacque, pelas tuas referências tão generosas como sempre.
Ao JA, mais um abraço (dos cinco ou seis já "remetidos" hoje!
Agilmar

Soratto disse...

salve ,Salve amigo Agilmar,quanto tempo a gente não se fala AMIGAVELMENTE.Aqui é o Soratto, eterno PX nos tempos das comunicações que fqaziamos pelo radio amador.Um forte abraço a todos.
ai vai meu email

replassc@gmail.com