sexta-feira, 14 de outubro de 2016

XÔ CRISE DANADA, VAI LOGO EMBORA DAQUI!

,

Mas se a marmita da semana 
não for suficiente para alimentar minha fome, 
sem ninguém a quem apelar no resto do dia, 
vou ter de lavar parabrisa de carros nas sinaleiras para conseguir míseros trocados.

Cadê emprego, cadê salário, sem dinheiro 
que faço para sustentar mulher e filhos, 
os serviços escassos que mal compensam 
qualquer dura labuta e este tão terrível 
custo de vida que nunca para de subir?

Não me importo de sair empurrando 
carrinho de mão, enxada e pá para capinar 
algum quintal perdido por ai que virou mato 
pela preguiça do dono abonado, desde que renda alguma comida na mesa lá de casa.

Já me disseram que a crise está braba, 
que a gente tem de se virar para sobreviver 
nesta situação, tem que fazer malabarismo 
em qualquer lugar, até mesmo catando 
material que se põe fora nas lixeiras.

Antes que seja tarde, alguém precisa pensar 
em nosso sacrifício que não tem fim, 
sem nenhuma esperança de melhorar, 
para nos assistir nas mínimas necessidades próprias e dignas de qualquer ser humano.
.

7 comentários:

Garoeiro disse...

Caríssimo Amigo Souza,
É bem isso aí...
Infelizmente...
E promete ficar bem pior, nos próximos anos...
Você só esqueceu de acrescentar algo de seu passado, que agora, também é uma saída: "... escrever, brincar de fazer jornal, fazer de conta que valemos algo com nossos escritos, resistir, não capitular"...
Parabéns,
Garoeiro

JASouza. disse...

...e que foi escrito dedicado ao ilustre confrade Jeferson Barbosa da Silva!

Hunder Correa disse...

É,José Alberto. A situação tende a ficar pior nos próximos anos. Também como deixaram ficar este País......

Clarice Villac disse...

Amigo Poeta das Águas Doces,

como hoje é o Dia do Professor,

A esperança na força da educação

vem, balança,

assopra as lágrimas orvalhadas

pelo desamor e dor

rebrilha a vontade de fazer valer

a busca pela justiça que sai do coração

em busca de ação

que melhore este mundão...

____________

um abraço !

Costa Franco disse...

Muito interessante o seu blog. Sérgio

Anônimo disse...

Souza

Que tristeza!
Como ficou nosso país!
Nos recuperaremos um dia?
Abraço.
Diná

wenceslaugoncalves.blogspot.com.br disse...

Meu companheiro de muitas jornadas,
Sabemos todos nós que enquanto mantivermos o atual sistema (mundial) de relações econômicas entre os viventes do planeta, não há nem sombra de solução. Posso "não ter provas, mas tenho plena conviçção" disso. Abraços. Wenceslau.